Gareth Morgan, um famoso estudioso do meio organizacional, compara as empresas como metáforas. Em uma de suas análises, ele diz que as empresas são como organismos vivos, que precisam se adaptar ao meio em que vivem.

Ou seja, assim como as pessoas já não vivem mais como os seus antepassados, as organizações também precisam se adaptar ao novo ambiente. O setor de RH se inclui nisso, sendo necessário conhecer diferentes tipos de recrutamento.

A ideia é que as companhias modifiquem as formas como recrutam os seus funcionários, para que as abordagens sejam mais modernas e atraiam os profissionais da geração Z, por exemplo. Veja os principais tipos de recrutamento do mercado nos tópicos a seguir!

Recrutamento interno

O recrutamento interno é feito com os colaboradores que já fazem parte da empresa. É uma opção a ser considerada quando é aberta uma vaga para um cargo de gerência, por exemplo, e a direção deseja que uma pessoa que já conhece o ambiente organizacional ocupe essa posição.

Também é interessante utilizar esse método para que os colaboradores possam ter um plano de carreira bem definido dentro da organização, o que é uma boa prática para diminuir o turnover. Afinal, se o funcionário sabe que tem chances de crescimento, ele não sairá da empresa por qualquer motivo.

Outra vantagem do recrutamento interno é que ele tem baixo custo, uma vez que não é necessário divulgar as vagas externamente, por exemplo. Além disso, pelo fato de os candidatos já conhecerem a empresa e terem o fit cultural adequado, as chances de acerto na contratação são maiores.

Recrutamento externo

O recrutamento externo, por sua vez, é o modelo mais tradicional e conhecido. Nesse caso, os recrutadores divulgam as vagas nas redes sociais, em classificados de jornais e outros veículos midiáticos para que os profissionais interessados enviem os seus currículos.

Após isso, é feita uma triagem no material recebido e as pessoas que mais se encaixarem nas exigências da vaga são chamadas para entrevistas, dinâmicas e testes. Depois de todo o procedimento, o candidato considerado mais preparado para o cargo é escolhido e contratado.

Vale ressaltar que esse é um dos tipos de recrutamento mais longos, com a duração de semanas ou até meses para finalizar o processo e fazer uma contratação.

Recrutamento misto

O recrutamento misto é aquele que mescla as características do recrutamento interno e do recrutamento externo. Isso quer dizer que ele procura profissionais tanto entre os candidatos da empresa quanto entre os profissionais que estão disponíveis no mercado.

A ideia é que sejam analisados perfis distintos para que, posteriormente, os recrutadores decidam se vale mais a pena fazer uma promoção ou contratar uma pessoa de fora para desempenhar tal atividade.

No que se refere à divulgação das vagas, podem ser utilizadas as mídias internas, como newsletter e jornal mural, e as mídias externas, citadas anteriormente.

Como desvantagem desse método, destaca-se o risco de desmotivação dos colaboradores. Se uma pessoa de fora for contratada e não alguém que faz parte da companhia, os candidatos internos podem ficar desmotivados, e isso pode gerar problemas como o aumento da rotatividade.

Recrutamento online

Entre os tipos de recrutamento, o que mais se destaca é o recrutamento online. Isso se justifica porque ele é moderno, ágil e rápido. Além disso, é a modalidade mais cômoda, tanto para os recrutadores quanto para os candidatos do processo.

São diversos os benefícios que o recrutamento online proporciona para as empresas. Para que você entenda mais sobre eles, vamos explicar os principais. Acompanhe!

Alcance de candidatos

Encontrar bons candidatos não é uma tarefa das mais fáceis para as organizações. Por conta disso, é interessante investir no recrutamento online, uma vez que ele proporciona que mais pessoas tenham acesso às vagas.

As formas de divulgação são ilimitadas na internet e podem ser feitas por meio de grupos específicos nas redes sociais, em plataformas de divulgação etc. Além disso, quando contam com um sistema de automação, as empresas podem fazer uma triagem completa e rápida em seu banco de talentos. Assim, apesar de receberem muitos currículos, apenas os mais indicados serão selecionados.

Realização de entrevistas online

A etapa da entrevista não precisa mais ser feita presencialmente. É claro que, antes da contratação, convém que o colaborador conheça a sede da empresa em que vai trabalhar, mas, no primeiro contato, tudo pode ser feito online.

Por meio de ferramentas de videoconferência, é possível entrevistar candidatos à distância. Isso é benéfico para o recrutador, que ganha agilidade nas tarefas, e para o candidato, que não precisa gastar com transporte para ir até a empresa.

Desenvolvimento de testes online

Não são apenas as entrevistas podem ser feitas online, mas também o desenvolvimento de testes. Nesse caso podem ser aplicadas provas para mensurar o conhecimento de um candidato em uma área específica ou em habilidades, como o domínio da língua inglesa.

Atualmente, também está em alta o uso da gamificação. Jogos digitais podem ser desenvolvidos para que situações cotidianas de trabalho sejam simuladas. A ideia é verificar como cada candidato se comporta em uma ação fictícia e analisar como eles se comportariam se algo semelhante acontecesse na realidade.

Otimização dos custos

Os custos também são otimizados ao fazer o recrutamento digital. Isso se justifica porque passa a ser utilizada uma menor quantidade de recursos da infraestrutura da empresa, além de uma menor carga horária de trabalho para que os recrutadores supervisionem testes.

Dessa forma, investir nesse tipo de recrutamento também é importante para que as empresas não precisem investir uma quantidade significativa de dinheiro no desenvolvimento de processos seletivos.

Entender sobre os principais tipos de recrutamento é importante para quem é responsável pelas contratações em uma empresa. Dessa forma, a melhor opção pode ser escolhida e os melhores profissionais contratados para trabalhar na sua empresa. Como vimos, o recrutamento digital se destaca entre as diferentes modalidades e vem ganhando cada vez mais espaço nas organizações.

Gostou do conteúdo? Para saber mais sobre esse tipo de recrutamento, recomendamos que você faça a leitura do nosso artigo que mostra os benefícios de se investir no recrutamento digital. Confira!

Escreva um comentário