Recrutamento à distância: entenda como fazer de maneira eficaz

Já pensou que o profissional ideal para a sua empresa pode estar em outra cidade, mas disposto a se mudar? Ou já imaginou que adotar um sistema para agilizar o processo seletivo da sua empresa pode melhorar o recrutamento e tornar as contratações mais eficientes? Então, você precisa saber mais a respeito do recrutamento a distância!

Atualmente, realizar procedimentos relacionados a essas questões, sem precisar ocupar o mesmo espaço físico que os candidatos, já é uma realidade. Quer entender mais sobre o assunto? Leia este artigo e saiba o que é o recrutamento a distância, quais são os benefícios desse processo e como implementá-lo corretamente na sua empresa.

O que é o recrutamento a distância?

tecnologia vem revolucionando a forma como as pessoas se conectam com o mundo. Isso não impacta apenas a vida pessoal, mas o dia a dia das empresas e o mercado de trabalho. É aí que entra o recrutamento a distância.

Trata-se de uma metodologia para realizar o processo seletivo de forma virtual. É possível utilizar ferramentas online em algumas etapas do recrutamento (como a triagem de currículos ou testes de competências) ou durante todo o processo, eliminando completamente a necessidade de deslocamento físico de recrutadores e candidatos.

Como funciona um recrutamento a distância?

Na prática, o recrutamento a distância pode funcionar de diferentes formas. É possível, por exemplo, anunciar uma vaga e receber currículos por meio de plataformas online e, a partir daí, realizar a primeira triagem de candidatos.

Além disso, existem softwares que possibilitam a criação de um perfil profissiográfico para a vaga e a aplicação de testes, tanto relacionados às competências técnicas e comportamentais quanto ao fit cultural — e a própria plataforma analisa os resultados, indicando os candidatos mais adequados.

O recrutamento a distância vai além disso. É possível realizar entrevistas online, com o uso de ferramentas de chamada de vídeo. Até as dinâmicas, nas quais você observa o comportamento do candidato diante de desafios, podem ser realizadas de forma virtual.

Uma das soluções nessa etapa é a gamificação. Isso significa que você é capaz de criar um jogo personalizado para o seu processo seletivo e, por meio dele, avaliar as competências técnicas e comportamentais dos profissionais.

Quais são as melhores técnicas ao fazer uma entrevista a distância?

Quando pensamos em implementar o recrutamento a distância, usando recursos de vídeo, a estrutura exigida parece simples: uma sala silenciosa, fechada e tranquila, com equipamentos de qualidade disponíveis para que o diálogo ocorra sem interferências.

Uma contratação a distância deve ser levada a sério. Afinal, a sua única diferença em relação ao recrutamento presencial é que o recrutador e o candidato não estão ocupando o mesmo espaço físico simultaneamente.

Estruturar o roteiro da entrevista, prestar atenção aos detalhes e respeitar os horários estabelecidos são as primeiras atitudes a serem tomadas para um recrutamento eficaz. Confira a seguir essas e outras técnicas com mais detalhes.

Faça um planejamento

No mundo corporativo, um dos segredos para que os processos sejam bem-sucedidos é a capacidade de realizar um bom planejamento. O mesmo acontece com o recrutamento a distância. Para que as técnicas sejam eficientes, é importante saber o que será questionado e utilizar os recursos adequados.

O planejamento também possibilita a realização de perguntas mais certeiras, que podem ser determinantes para descobrir se o candidato realmente se encaixa ou não à vaga e a cultura organizacional da empresa.

Evite que a conversa ganhe um toque impessoal

Em uma entrevista, conhecer o candidato é fundamental. Por isso, é importante que ele fale sobre si. O dialogo deve ser estimulado pelo recrutador.

A transparência na comunicação é um dos fatores que faz com que o indivíduo possa ser sincero em suas palavras. Entrevistas muito formais e engessadas, querendo ou não, impedem uma postura mais aberta.

É importante que você incentive o candidato a falar sobre ele mesmo e, por isso, não pode haver frieza nesse primeiro contato. A intenção é conhecer o candidato, e é necessário que ele se sinta confortável para que isso aconteça.

Proponha testes e desafios

Como o recrutamento é a distância, atingir os objetivos estabelecidos pode ser complicado, caso sejam utilizados os mesmos métodos de um processo presencial. Propor alguns desafios pode ser mais indicado para quebrar o gelo e verificar se o perfil do candidato realmente é compatível com as necessidades da empresa.

Sabendo disso, enviar testes e enquetes antes mesmo da entrevista já pode revelar várias informações pertinentes sobre os candidatos.

Utilize os recursos em vídeo

A dica pode parecer óbvia, mas muitas empresas cometem o erro de achar que praticidade significa resumir os processos seletivos a distância a processos pré-estabelecidos pelas plataformas, como no caso de questionários.

No entanto, o uso da videoconferência nesse modelo de recrutamento é crucial para perceber comportamentos e reações dos candidatos. Em uma entrevista, a linguagem corporal é um dos elementos básicos para constatar se o profissional está omitindo alguma questão.

Ter acesso a um bom sistema de áudio e vídeo só tem a acrescentar. Caso em um determinado momento você sinta que não há mais necessidade de se comunicar visualmente ou o sistema apresente algum problema, basta solicitar o desligamento e concluir a entrevista por outros meios.

Analise o comportamento do candidato

Uma entrevista virtual não é aval para que o candidato ou o recrutador sejam interrompidos, apareçam de pijamas ou apresentem qualquer outro comportamento que não seja adequado ao ambiente corporativo.

Além disso, interrupções causadas durante o processo podem prejudicar a conversa. A empresa perde o fio da meada em relação a informações importantes que precisam ser avaliadas, e o candidato é prejudicado na hora de demonstrar o seu potencial.

Ou seja, não é porque a entrevista está acontecendo pela web que pode haver dispersões. Ela deve ser levada a sério. O comprometimento com horário é outra questão importante a ser avaliada, já que reflete uma importante característica do candidato a respeito da sua postura profissional.

Quais são os benefícios do recrutamento a distância?

O recrutamento a distância oferece uma série de benefícios, tanto para a empresa quanto para os candidatos que participam do processo seletivo. Confira!

Agiliza o processo seletivo sem prejudicar a qualidade

Uma das grandes reclamações, tanto por parte da equipe de RH quanto dos profissionais, é o tempo de duração dos processos seletivos da empresa. Quanto mais longo, maior é o desgaste dos candidatos e menos tempo o time tem para investir em outras atividades estratégicas da área.

O recrutamento a distância é capaz de resolver esse problema. Por ser digital, possibilita a redução de tempo da seleção, uma vez que automatiza processos operacionais e elimina a necessidade de deslocamento dos profissionais para a realização das atividades. Além disso, a comunicação também é feita por meio digital, o que reduz o tempo de resposta.

Por fim, com o recrutamento a distância é possível utilizar softwares de análise de dados que cruzam informações sobre as necessidades da empresa com as características dos candidatos. Dessa forma, já indicam aqueles que são os melhores para preencher as suas vagas, reduzindo grande tempo de análises manuais.

Aumenta a probabilidade de encontrar o candidato ideal

O candidato ideal para a sua vaga pode estar em outra cidade. Apesar de ter disponibilidade para mudança, é difícil para os profissionais se deslocarem muitas vezes para a realização das etapas do processo seletivo — o que pode fazer com que você perca um grande talento.

É por isso que o recrutamento a distância pode ser a solução para a sua empresa. Com ele é possível ter candidatos de qualquer parte do Brasil (e até mesmo de outros países). Dessa forma você aumenta as suas chances de encontrar o profissional perfeito para agregar valor ao seu time.

Permite a redução de custos em RH

Reduzir custos é uma das melhores formas de potencializar os lucros do negócio, e o setor de RH pode ter uma grande participação nessa estratégia ao adotar o recrutamento a distância.

Com esse processo os colaboradores não precisam se deslocar para realizar dinâmicas de grupo ou entrevistas. Além disso, por agilizar o processo seletivo da empresa, o recrutamento a distância aumenta a produtividade do time de RH. Tudo isso permite a redução dos custos do processo e, consequentemente, da empresa como um todo.

Gera inovação para a empresa

A inovação é um grande diferencial das empresas hoje em dia. Quando você adota o recrutamento a distância, melhora a reputação da marca no mercado.

Isso mostra que a sua empresa está preocupada em buscar soluções criativas e eficazes para os processos internos. Dessa forma, ganha a confiança dos profissionais e do mercado como um todo.

Como implementar o recrutamento a distância na sua empresa?

Agora que você já sabe todos os benefícios do recrutamento a distância, é a hora de entender como implementar esse processo. Descubra algumas dicas!

Entenda as necessidades da empresa

Faça um estudo do processo seletivo da empresa e da área de RH como um todo. A partir disso, entenda quais são as principais necessidades e demandas da organização para encontrar a solução perfeita para o negócio.

Crie um perfil de candidato ideal

Crie um perfil profissiográfico para a vaga. Isso significa que você deve listar todas as competências comportamentais e técnicas que espera encontrar nos candidatos em um processo seletivo. Também é importante listar os elementos relacionados ao fit cultural do profissional que devem estar alinhados à empresa.

Conheça as ferramentas disponíveis

Ferramentas de videochamada, softwares de recrutamento e seleção e aplicativos de comunicação: essas são apenas algumas das ferramentas que podem ser utilizadas em um recrutamento a distância. Portanto, estude cada uma delas e descubra qual se adapta melhor às suas necessidades.

Planeje o processo

Assim como todo processo de recrutamento e seleção, é essencial planejar com cuidado o recrutamento a distância. Estabeleça um cronograma com cada uma das etapas do processo e descreva os resultados esperados em cada uma delas.

Capacite a equipe

O recrutamento a distância é diferente de um processo seletivo convencional. Portanto, é essencial que você prepare a sua equipe para a mudança, ministrando treinamentos e capacitações para que os colaboradores saibam lidar com as novas ferramentas.

Avalie a interação

Mesmo que a entrevista seja feita de maneira virtual, é preciso prestar atenção à postura do candidato durante a conversa. Observe a sua desenvoltura, postura e a maneira como ele responde às perguntas. Por exemplo, veja se as suas respostas estão mecânicas ou se há espontaneidade.

Feche todas as janelas e programas desnecessários

A dica é prática e pode parecer óbvia, mas é sempre bom se lembrar de manter todos os programas que não são pertinentes a uma entrevista fechados. Imagine que você usa o WhatsApp Web e ele começa a alarmar chamadas ou mensagens. Isso pode ser desagradável e passar a impressão de que a empresa não leva seus processos com seriedade.

Quais são os impactos positivos da entrevista online?

Com a maioria dos processos realizados de forma digital, o recrutamento passa a consumir menos recursos. O processo online leva bem menos tempo da abertura até a conclusão e permite que um número maior de profissionais se candidate a uma vaga.

A grande vantagem é que a diversidade e o tempo economizado podem ser investidos de forma estratégia, possibilitando, por exemplo, um diálogo maior entre o recrutador e o candidato.

Essas são questões que não podem ser ignoradas. Selecionar um bom profissional para compor uma equipe requer um processo seletivo composto por várias etapas. Isso porque uma das garantias do sucesso de um processo seletivo está no tempo investido, e em como ele é utilizado. Portanto, o ideal é que essas horas sejam utilizadas de forma inteligente.

Como as preocupações com logística, aluguel de sala para entrevista ou coffee breaks são inexistentes em um recrutamento a distância, restam oportunidades de sobra para estruturar perguntas pertinentes.

As vantagens não se restringem às empresas. Como os candidatos não têm a necessidade de comparecer ao local da entrevista, deslocando-se a cada etapa, a tendência é que eles se sintam satisfeitos com a organização desde o primeiro contato. Isso faz toda a diferença em uma futura contratação.

Por isso, podemos considerar que utilizar o recrutamento e seleção a distância é uma característica de empresas que apostam em uma gestão de alta performance, seguindo uma estrutura organizacional inovadora e humanizada.

O recrutamento a distância é uma tendência de RH que vem ganhando cada vez mais espaço. Como vimos, esse processo permite que a sua empresa reduza custos sem perder qualidade, além de abrir portas para que o time de RH encontre os melhores profissionais e preencha as vagas disponíveis.

Gostou deste conteúdo? Mantenha-se em dia a respeito da modernização dos processos de recrutamento e seleção: confira nosso artigo sobre recrutamento digital e entenda de uma vez por todas porque esse investimento vale a pena!

Previous Post
Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *