Qual a importância do inglês para o recrutador? Entenda!

A língua inglesa é a mais falada no mundo, se formos levar em consideração apenas o universo dos negócios. Logo, é relevante para os recrutadores ter o domínio sobre esse idioma, cada vez mais exigido para o exercício dessa e de outras atividades profissionais,

Esse e outros fatores justificam a importância do inglês para o recrutador, uma vez que esse profissional está em contato com pessoas de todos os tipos e precisa se comunicar muito bem com todas elas. Ser fluente em inglês, portanto, deixou de ser um diferencial para se tornar um pré-requisito para quem trabalha na área de Recursos Humanos.

Continue a leitura e veja mais pontos positivos que o conhecimento da língua inglesa traz para os recrutadores!

Melhores oportunidades de carreira

Quem sabe falar em inglês tem mais oportunidades na carreira como recrutador. Ao dominar o idioma, você poderá trabalhar em grandes empresas multinacionais. Pense em como pode ser interessante recrutar pessoas para trabalhar em diversos lugares do mundo?

Você também pode coordenar o setor, orientando recrutadores de filiais da organização por todo o globo. Além do crescimento profissional, você terá a chance de conhecer novas pessoas e ter novas experiências. São coisas que só aumentam a sua bagagem cultural.

Quando se domina a língua inglesa, não há fronteiras para o crescimento!

Cursos nas principais instituições de ensino do mundo

A importância do inglês para o recrutador também está relacionada à obtenção de novos conhecimentos. Com o domínio dessa língua, é possível fazer cursos de especialização e aperfeiçoamento em instituições de ensino de todo o mundo. As melhores universidades, por exemplo, estão situadas em países que adotam a língua inglesa como oficial.

Você pode realizar intercâmbios profissionais ou simplesmente fazer cursos online em instituições de renome. São ações que agregam valor ao seu currículo e colocam você sempre à frente de outros profissionais da área, que não procuram se atualizar e se fecham às capacitações do mercado nacional.

Diversificar referências e fontes de conhecimento

Assim como os cursos, você poderá ler livros, revistas e artigos científicos em inglês. Isso é importante, pois é comum que as novidades da área empresarial sejam publicadas primeiro nos Estados Unidos e em algumas nações europeias (portanto, em inglês) para só depois serem traduzidas e levadas a outros países.

Desse modo, mais uma vez você estará saindo na frente e conquistando mais espaço no mercado de trabalho. As suas leituras em inglês o tornarão um profissional diferenciado, com uma visão moderna do que se passa na sua área de atuação.

Facilitar o dia a dia no trabalho

Hoje, as ferramentas de trabalho de um recrutador são quase todas digitais. As plataformas de atração, softwares de gestão, entre outros recursos, muitas vezes são importados de outros países.

Mais uma vez o domínio do inglês se mostra indispensável. O domínio da língua garante que as atividades sejam feitas sem interrupções para traduzir comandos, por exemplo, o que torna o seu desempenho mais produtivo e digno de destaque.

Além disso, em situações necessárias, você poderá realizar entrevistas online ou presencias com nativos da língua inglesa, sem a necessidade de um intérprete contratado por fora. Isso mostra que você é um profissional completo e que gera uma redução de custos para a empresa.

Garantia de uma boa comunicação em viagens de trabalho

Imagine que o CEO da sua empresa lhe entrega o trabalho de recrutar novos colaboradores para uma filial no exterior. Nesse caso, por mais que haja intérpretes para intermediar a sua comunicação, eles não estarão na sua companhia o tempo todo.

Você precisará se comunicar com outras pessoas, conversar com funcionários da empresa e até mesmo conseguir estabelecer uma boa comunicação em locais de passagem, como hotéis e restaurantes. Ao dominar a língua inglesa, o que poderia ser um pesadelo, será uma prática comum em viagens de trabalho.

Considerando que o nível comunicativo será uma das competências fundamentais no futuro, aprender inglês é um ótimo investimento na sua carreira.

Possibilidade de seguir carreira acadêmica

Você já pensou em ensinar recrutamento e práticas de recursos humanos em faculdades ou até ser um grande pesquisador da área para desenvolver novos métodos de trabalho? Tudo isso é possível se você optar por seguir carreira acadêmica.

No entanto, para fazer cursos de especialização e mestrado ou doutorado, as instituições de ensino superior exigem a proficiência no inglês. Geralmente, as próprias instituições fazem testes para mensurar o grau de conhecimento do candidato na língua.

Para conseguir uma boa nota e ser aprovado na pós-graduação, é preciso se preparar com muita antecedência, afinal, não é da noite para o dia que se aprende outra língua.

Tornar o cérebro mais eficiente

Hoje, a ciência neurológica já sabe que pessoas bilíngues têm um cérebro mais propício para a obtenção de conhecimento. Além disso, falar mais de um idioma evita o surgimento de doenças como o mal de Alzheimer e a demência.

O domínio do inglês também facilita a compreensão de textos e conversas, descartando as distrações, além de ser um passo importante para aprender outra língua: o inglês pertence a uma “família linguística” diferente da família do português. Logo, aprender o terceiro ou quarto idioma estrangeiro não será tão difícil.

Para recrutadores de organizações que atuam mundialmente, essa é uma habilidade valiosa.

Trabalhos fora do país

Se, em vez de trabalhar em uma multinacional dentro do Brasil, você trabalhasse em uma empresa fora do país? Os profissionais que têm o sonho de trabalhar e viver em uma nação que adota o inglês como língua oficial precisam de um domínio considerável do idioma.

Além dos EUA, países como Canadá e Austrália contam com programas de recrutamento para profissionais de diversas áreas, incluindo os de recursos humanos. Nesses casos, é você que passará por processos de recrutamento que poderão mudar a sua carreira.

Como você pôde perceber, são diversos os motivos que justificam a importância do inglês para o recrutador. É por isso que, se você ainda não domina o idioma, deve correr atrás e fazer um curso ou aulas particulares. Considere o estudo do inglês, ou de qualquer outra língua estrangeira, como um grande investimento para sua carreira.

Gostou do nosso artigo? Então, você gostará de receber bons materiais como este no seu e-mail. Para isso, basta assinar a nossa newsletter e ficar por dentro das nossas novidades!

Previous Post
Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *