Ao contratar um novo profissional, a empresa assume diversos riscos, tais como os novos integrantes apresentarem resistência ao aderir a processos, ter problemas entre as equipes e demandar um desligamento antes do previsto por dificuldade de adaptação. Para minimizar esses desafios, é preciso analisar o fit cultural do candidato.

Essa ação visa saber se ele é compatível com a cultura da organização. Em outras palavras, o fit cultural nada mais é que analisar se a visão, os objetivos e os valores do candidato a uma vaga se equiparam ao que a empresa almeja.

Trata-se de uma preocupação que permite à companhia minimizar as chances de sofrer os impactos de uma escolha ruim. Por isso, neste artigo, vamos expor práticas valiosas para analisar o fit cultural do candidato e fazer a melhor seleção. Acompanhe a leitura!

Entenda a importância de fazer a melhor escolha

Começamos este artigo abordando os impactos que a companhia pode sofrer ao fazer a seleção de um profissional incompatível com o seu fit cultural. No entanto, também é preciso pensar nos impactos gerados à pessoa admitida para uma equipe que não compartilha as mesmas visões e objetivos.

Afinal, avaliar o fit cultural do candidato não é uma decisão que visa apenas aumentar o lucro. É uma preocupação que procura direcionar o profissional que está em busca de uma oportunidade e permitir que ele tenha uma experiência agradável, motivadora e sem constrangimentos.

Por isso, é muito importante promover um processo de recrutamento e seleção sério e direcionado a melhor decisão para todos os envolvidos. Dessa forma, a empresa ganha ao selecionar um profissional compatível que vai se empenhar em crescer junto com a companhia, e o candidato ganha, recebendo um feedback que pode fazer com que ele se conheça mais e busque por oportunidades que tem mais a ver com seu perfil.

Com isso, a companhia pode ganhar até mais admiração no mercado e contar com futuros aliados. Afinal, os candidatos podem indicar outros profissionais para a corporação.

Elabore um esboço do perfil ideal

Para conseguir recrutar e selecionar o candidato com o fit cultural ideal para a corporação é interessante que haja um conhecimento profundo sobre a própria empresa. Saber os próprios valores, objetivos e visões faz com que a análise dos aspirantes às vagas seja feita de maneira mais eficiente e direcionada.

Após promover essa auto análise, deve-se elaborar um esboço do perfil ideal. Quais as características mais interessantes para a vaga? Que tipo de perfil comportamental o candidato deve ter? Quais as qualificações indispensáveis para o cargo? Quais valores o candidato deve demonstrar?

Ao responder esses questionamentos será possível mapear o perfil comportamental e profissional mais apropriado para conquistar o cargo em questão.

Direcione o processo de recrutamento para o perfil desejado

O próximo passo é direcionar o processo de recrutamento para atrair o perfil desejado. Após fazer um mapeamento do perfil almejado, fica mais fácil prever o tipo de eventos que contemplam esse profissional, o tipo de redes sociais que ele utilizar e, até mesmo, o tipo de empresas em que ele pode atuar.

Com essas informações, é necessário divulgar as vagas disponíveis, viabilizando que esses talentos tenham ciência da oportunidade e se apresentem para participar do processo seletivo.

Ao fazer essa primeira triagem sutil, o processo seletivo se torna mais simples e avaliar o fit cultural do candidato dependerá apenas de escolher os métodos corretos.

Faça perguntas situacionais

Para conhecer os valores do candidato é muito importante que sejam feitas perguntas situacionais. Pense em situações complexas que já aconteceram na organização e apresente ao candidato, peça que ele diga como agiria nessa situação, qual sua opinião sobre a forma como o problema se resolveu.

Desse modo é possível observar como o candidato reage às adversidades, se ele consegue ser criativo e proativo na tomada de decisões, se ele seria capaz de manter o controle mesmo em uma situação altamente stressante e frustrante.

Além disso, você consegue perceber quais são os valores do candidato, se ele demonstra empatia e se é colaborativo ou se tem um perfil mais voltado a seus próprios interesses. Com isso, é possível avaliar se ele seria feliz na vaga e se faria um bom trabalho.

Aplique testes de perfil comportamental

É sabido que, muitos candidatos, prevendo o que os recrutadores podem perguntar e sabendo o tipo de resposta mais comumente aceita, pode ensaiar e falar exatamente o que o entrevistador deseja ouvir e não genuinamente o que ele acha, até por bom senso em algumas ocasiões.

Para que esse ponto não interfira em demasia na seleção, é indispensável aplicar um teste de perfil comportamental. Esse tipo de teste só pode ser aplicado por um Psicólogo graduado e requer um ambiente adequado, sem estímulos externos que possam interferir no resultado.

Além disso, é importante considerar o grau de ansiedade comum para situações em que o indivíduo está sendo avaliado e buscar ser o mais empático possível com o candidato.

Promova dinâmicas de grupo

Por fim, tendo em mãos as respostas dos candidatos, comparadas com seu perfil comportamental mapeado pelo teste, é o momento de avaliar esses indivíduos na prática e, para isso, nada melhor que promover jogos e dinâmicas de grupo.

Ao colocar o candidato para mostrar como são suas habilidades em equipe, é possível observar qual indivíduo seria melhor como líder, lidaria bem com pressões, seria resiliente com as frustrações, tem maior potencial criativo e improvisador, entre outras características decisivas.

Após isso, é só comparar os perfis apresentados com o perfil ideal para a empresa e selecionar o candidato que mais se encaixa com a cultura da organização.

Como vimos, para avaliar o fit cultural do candidato é fundamental que se tenha um conhecimento profundo sobre a missão, visão e valores da própria corporação. Dessa forma, é mais simples visualizar o perfil profissional que está sincronizado a essas metas e fazer a seleção dos melhores profissionais para ocupar os cargos.

Gostou das dicas? Continue a visita ao nosso blog, agora para entender como contratar pessoas engajadas com o fit cultural da sua empresa.

Escreva um comentário