Uma maneira de entender em detalhes o processo seletivo adotado na sua empresa e saber se a estratégia é adequada é utilizar o funil de recrutamento. O conceito é derivado do “funil de vendas” utilizado pelo marketing para mapear a jornada de um suposto cliente até a finalização de uma venda.

Bom, mas o que isso tem a ver com RH? O funil segue a mesma ideia, só que considera a jornada do candidato que pode vir a se tornar um colaborador.

Se você ainda está confuso, não perca nosso post! Continue a leitura e entenda melhor o que é funil de recrutamento, como funciona, quais as vantagens e dicas para aplicar a técnica na sua empresa!

O que é o funil de recrutamento?

É a representação gráfica de todas as etapas do processo seletivo utilizado pela sua empresa. Não existe um modelo fixo de etapas: cada organização define as fases de acordo com suas exigências ou vagas em questão.

É fácil imaginar sobre o que estamos falando: o topo do funil é bem grande, certo? Isso porque é a etapa em que há mais candidatos interessados na vaga. Ao longo das fases seguintes, como triagem de currículos, testes e dinâmicas, o processo vai se estreitando (afunilando) para que, ao final, você tenha um candidato que será, efetivamente, contratado.

A dica é promover uma jornada eficiente, ou seja, em que você consiga conquistar o melhor profissional para sua vaga. Tudo em um tempo adequado e em um processo que, de fato, realize um “filtro” correto para que você selecione o candidato ideal para sua empresa.

Como funciona na prática?

O funil de recrutamento é formado por diferentes estágios, como:

  • topo — atração dos candidatos com anúncios em portais de vagas, redes sociais e no próprio site da empresa;
  • meio — triagem dos currículos, testes, avaliações, dinâmicas e entrevista;
  • fundo — fase de contratação do profissional.

A ideia é que, ao longo dessa jornada, o candidato comece a se envolver com a empresa por meio de etapas desafiadoras, que o motivem a fazer parte do seu time. Em outras palavras, é necessário formatar o processo pensando na experiência do profissional, que será um provável talento para sua equipe.

Quais as vantagens de utilizá-lo?

Com a utilização dessa técnica, sua empresa consegue visualizar melhor como se dá o processo de seleção. Assim, pode fazer uma análise de cada etapa e identificar os gargalos.

Por exemplo: se você anunciou a vaga há alguns dias e a inscrição de candidatos foi baixa, algo deve estar errado no topo do funil. É importante saber se a descrição está correta, se os pré-requisitos e benefícios estão bem detalhados e claros, entre outros pontos.

Por sua vez, no teste que você aplicou, se mais de 90% dos candidatos passaram para a entrevista, é necessário saber se ele está em um nível adequado ou ainda se é uma etapa realmente necessária.

Você pode ainda avaliar o tempo total do recrutamento, da aplicação dos candidatos à contratação. Será que não está muito longo? Imagine você perder um talento para a concorrência pela demora na conclusão do seu processo seletivo.

Por esses e outros pontos, o funil de recrutamento apresenta vantagens. É possível verificar indicadores para descobrir se a estratégia utilizada na seleção está adequada, se a mensagem e canais utilizados estão corretos, se você consegue chegar nos melhores profissionais etc.

Como aplicar o funil?

Ao utilizar essa técnica, você consegue fazer um planejamento de como será o recrutamento. Acompanhe abaixo algumas dicas de como aplicar o funil em seus processos seletivos.

Defina com atenção a vaga e quem você deseja contratar

No topo do funil, é necessário fazer uma descrição completa da vaga, indicando o conhecimento e habilidades necessários, tipo de experiência, dados sobre o local e formas de trabalho (presencial, remoto), duração da jornada e benefícios.

Você pode acrescentar outras características, como proatividade, criatividade e facilidade de trabalhar em equipe, para que a pessoa consiga visualizar o tipo do cargo em questão e a cultura da empresa.

Tenha em mente o profissional que você busca e faça um anúncio que consiga atrair a atenção desse candidato. Dessa forma, você ganha agilidade, evitando que pessoas que não cumprem as exigências do cargo se inscrevam e até mesmo avancem algumas etapas.

Elabore cada etapa do processo com bastante critério

Não existe regra para elaborar as etapas do processo de seleção. Porém, ao planejar essas fases, a empresa deve listar o que quer avaliar no candidato. Além da análise de currículo, é possível aplicar testes para avaliar habilidades técnicas, para descobrir questões de comportamento e personalidade, ou ainda uma dinâmica de grupo.

Dependendo da vaga e do que se espera do profissional, é preciso, inclusive, pensar nas perguntas e pontos abordados na entrevista.

Entenda que a indicação dos colaboradores é importante

Seus colaboradores conhecem a fundo a política da organização e as demandas da sua empresa. Por isso, é necessário que os gestores considerem a indicação de candidatos feita por quem está no seu time para as vagas que venham a surgir.

Invista na tecnologia

Para aplicar o funil de recrutamento e conseguir fazer todas essas análises, será necessário direcionar uma equipe de RH somente para isso? Não! Existe um jeito mais otimizado e econômico: investir na tecnologia e inovar nessa área com um software de recrutamento digital, em que você tem acesso a todos os indicadores de maneira rápida e pode pensar nas melhores estratégias para a atração de talentos.

Os dados dos candidatos ficam armazenados na nuvem, de maneira segura, possibilitando que gestores, supervisores de RH e analistas acessem essas informações por meio de uma plataforma que integra as etapas do processo.

O funil de recrutamento é uma técnica inteligente para sua organização realizar os processos de seleção. Com ele, você pode visualizar todas as fases e utilizar estratégias para atrair talentos para sua equipe. Para acompanhar os estágios da seleção de forma facilitada, conte com a tecnologia.

Gostou das informações para otimizar o recrutamento? Então, confira também as 4 competências essenciais para cargos de liderança do futuro!

Escreva um comentário