Quando se fala em inovação tecnológica, logo vem à mente a evolução da China no mercado global — e não poderia ser diferente, pois o país asiático passou a incorporar a inteligência artificial em diversos campos do empreendedorismo.

São muitos os fatores que elevam a China a um grau de excelência capaz de incomodar nações que até então detinham o domínio da tecnologia e eram intituladas grandes polos de inovação mundial.

É fundamental que todos os profissionais — principalmente os de formação e experiência tecnológica — estejam atentos a esse movimento asiático, com olhar focado nas oportunidades mercadológicas a nível nacional e internacional.

Neste post vamos fazer uma análise da evolução da China no mercado global e identificar o que está em alta, quais são as principais descobertas e como você deve caminhar nesse cenário rumo a uma carreira de sucesso. Acompanhe!

Como a China tem se destacado em meio à evolução do mercado?

Demograficamente, a China é considerada o país mais populoso do mundo — são mais de 1,38 bilhão de habitantes, com a terceira maior extensão territorial do mundo. Por essas informações já é possível perceber que não se trata de um país inexpressivo.

Há algum tempo já não se ouve mais dizer que a China é uma fábrica de produtos inteligentes, mas descartáveis. Embora essa seja ainda uma atribuição dada por aqueles que desconhecem o potencial tecnológico do país asiático, a maioria dos profissionais de inovação está de olho nas oportunidades de negócios e trabalho.

Cada vez mais o país tem mostrado uma capacidade absurda de transformação diante de objetivos que abrangem os interesses próprios e também do ocidente, apresentando um crescimento vigoroso e admirável avanço na aceitação e no incentivo a empreendedores do mundo inteiro quando se instalam em solo chinês.

O destaque fica por conta da participação ativa do governo na implantação de novas empresas, desde a fase embrionária até seu pleno e rentável funcionamento. O governo entende que se as empresas enriquecem, o país inteiro é favorecido pela boa colheita.

Com um universo próprio e linguagem despretensiosa a China avançou, e com ela, todo o desejo de propagar a digitalidade pelos quatro cantos do mundo sem, contudo, deixar de investir no próprio país — desenvolvendo aplicativos e ferramentas para facilitar o dia a dia das pessoas.

Esse é o pontapé inicial de uma longa jornada de conexão com as mais variadas startups, cheias de profissionais dispostos a se adequar ao modo de vida oriental — seja para se instalar, seja para realizar uma espécie de benchmarking tecnológico.

Quais são as principais tendências e novidades desse mercado profissional?

A inovação tecnológica está presente no mundo inteiro, e não seria diferente com a China, que de forma modesta e contínua, alcançou polos tradicionais como o Vale do Silício — que é conhecido como o famoso polo de inovação instalado na costa oeste americana.

Não é possível comparar o giro monetário entre os dois polos, até mesmo pelo sigilo, pela credibilidade e pelo título de supremacia que o conglomerado americano detém. O alcance se dá pela inteligência e destreza em fazer o mundo acreditar que a tecnologia chinesa está pronta para competir em pé de igualdade.

A evolução da China no mercado global abre caminho para uma nova era tecnológica, onde será possível a participação de todos aqueles que tenham boas soluções a oferecer, independentemente da nacionalidade ou da fluência em determinado idioma.

Ao receber os empreendedores ansiosos por ver suas ideias alicerçadas pela tecnologia de ponta, os chineses dão suporte integral àqueles que acreditam no potencial de mercado e instalam suas empresas no país.

A China tem um comportamento exigente, mas prático, quando o assunto é inovação tecnológica. Os esforços para criar, implementar e testar são desmedidos pela maioria dos profissionais envolvidos, fazendo com que qualquer solução seja experimentada junto à população para avaliar sua eficiência.

Como o candidato deve se preparar para essa evolução?

O mercado chinês está totalmente aberto não só para brasileiros, mas para as mais diversas cidadanias, e quem deseja contribuir sistematicamente com o avanço tecnológico recebe de volta total apoio em sua adaptação asiática.

Os chineses aceitam e apreciam com naturalidade a força de trabalho ocidental. Um bom profissional deve compor um currículo de excelência e, onde quer que vá, apresentar uma boa bagagem torna o seu perfil diferenciado e interessante para o mercado.

A preparação profissional deve acontecer gradativamente ao longo da carreira, pois quanto maior for o domínio de conhecimento, mais portas estarão abertas. Não é diferente na China, que é um país capaz de investir alto em perfis que considere essenciais para obter resultados satisfatórios.

Os profissionais, se visionários, conseguem enxergar na China uma nova potência mundial e devem tornar o currículo mais chamativo, com informações relevantes — além de conhecer a fundo a história e a trajetória chinesa.

As perspectivas se abrem junto com a mente e com o desejo de viver novas experiências. Quanto mais engajado, participativo e interessado for um profissional, mais informações e curiosidades vão surgindo sobre um assunto, um negócio ou um país.

Se você tem interesse no mercado externo a ponto de desejar trabalhar em outro país, veja algumas ações que pode tomar para agregar valor ao currículo e tornar-se um perfil atraente para os recrutadores, no Brasil e no mundo:

  • faça uma graduação voltada para sua a área de interesse;
  • escolha uma pós-graduação de bom conteúdo;
  • estude idiomas — e não se limite apenas ao inglês;
  • tenha um perfil completo no LinkedIn e faça boas conexões;
  • desenvolva habilidades e competências diferenciadas;
  • faça cursos livres e acrescente-os ao currículo;
  • participe de feiras, congressos, fóruns e eventos na sua área.

A China vem se destacando de forma agressiva, mas segura, e pode surpreender e oferecer ao mundo grandes resultados e soluções de tecnologia inovadora — tão bons ou até melhores do que os já disponibilizados pelas grandes potências no mundo.

O país faz um convite instintivo a todos os profissionais que se sentem desafiados e questionam os limites da inovação. A evolução da China no mercado global mostra que não há limites para quem deseja alcançar o topo. Nunca um negócio da China pareceu, de fato, tão vantajoso.

O que você achou de saber mais sobre a China e sua evolução no mercado global? Gostou? Então compartilhe este texto nas redes sociais para que seus amigos também conheçam esse país surpreendente!

Escreva um comentário