Powered by Rock Convert

Dizer que todo mundo tem uma rede social não é mais nenhum absurdo. As plataformas estão cada vez mais populares, ainda mais por se apresentarem de forma segmentada. Por exemplo, o LinkedIn é um espaço voltado a interações profissionais, enquanto o Instagram é ótimo para quem gosta de conferir fotos e vídeos com dicas de diversos assuntos.

Pensando nisso, é natural que as empresas valorizem o fluxo de pessoas na web e utilizem esses espaços para os mais diversos objetivos, inclusive o de captar novos talentos. Por esse motivo, utilizar as redes sociais para conseguir emprego virou um grande negócio.

Quer saber como encontrar uma grande oportunidade e quais as influências do seu perfil nessa jornada? Continue a leitura e fique por dentro!

As vantagens de usar as redes sociais para conseguir emprego

Ter um perfil nas redes sociais virou requisito básico para as empresas que desejam garantir um bom posicionamento no mercado e sair à frente da concorrência. Hoje, o espaço não é aproveitado apenas para a divulgação de produtos e serviços. Anunciar processos seletivos ou ficar de olho nos grande profissionais da área é uma atividade que faz parte do cotidiano de muitas organizações.

Mas o contrário também acontece: utilizar as redes sociais para conseguir emprego pode — e deve — fazer parte da rotina dos candidatos. Todo profissional tem a capacidade de se tornar autoridade no seu segmento de atuação: basta usar as plataformas corretamente.

Além disso, seguir as páginas das empresas que você sonha em fazer parte pode revelar grandes oportunidades. Melhor ainda se você já estabelece uma relação com a página: nesses casos, as chances de conseguir uma entrevista podem aumentar.

Ou seja, saber se posicionar, estar visível para as empresas e ficar de olho nas vagas anunciadas pode ser a sua chance de encontrar uma boa oportunidade.

As principais redes sociais

O LinkedIn talvez seja a rede social mais óbvia para se buscar um emprego, já que ela é a plataforma oficial do mundo corporativo. Esse pensamento não está errado. O LinkedIn tem potencial para se criar uma poderosa rede de relacionamentos — o famoso networking, tão apreciado quando o assunto é a busca por oportunidades de crescimento profissional.

Já o Facebook é uma das plataformas mais frequentadas no mundo todo e oferece poderosos recursos para impulsionar a vida profissional. Isso porque ele é utilizado tanto para as empresas divulgarem as vagas em suas páginas, como para que os profissionais possam oferecer serviços em grupos. Além disso, a rede social ainda conta com um novo recurso que permite a divulgação de vagas.

O Twitter também pode esconder boas oportunidades, uma vez que favorece a interação entre perfis. O mesmo acontece no Instagram, cada vez mais explorado pelas empresas.

Dicas para conseguir o emprego dos sonhos

As redes sociais são um espaço democrático e livre. No entanto, para quem deseja conseguir um emprego por meio delas, é preciso ter cautela em relação às postagens e à postura adotada. Do contrário, pode acabar manchando a reputação e, consequentemente, a imagem profissional.

Emitir e compartilhar opiniões sobre os antigos empregos e empregadores não é uma prática saudável, já que a tendência é que as empresas evitem perfis muito críticos e expostos. O contratante não se preocupa apenas com a postura de um colaborador dentro da empresa, ele também está atento ao posicionamento do candidato fora dela.

Hoje, redes sociais e mercado de trabalho caminham juntos. Isso cria um senso de pertencimento, em que os profissionais passam a representar a empresa na web, ainda que fora do ambiente de trabalho. 

Também não podemos esquecer que alguns comportamentos são inaceitáveis. Postagens preconceituosas, ainda que no intuito de brincar com um amigo, podem ser mal vistas pelos gestores.

Erros de ortografia também entram para a lista de tópicos a serem avaliados. Tome bastante cuidado com o português básico e saiba diferenciar a linguagem informal de uma boa escrita. Conhecer o mínimo da ortografia é obrigatório para qualquer profissional, e se as suas redações nessas plataformas contêm erros grosseiros de português, as empresas podem perder o interesse em entrevistá-lo.

Veja algumas dicas mais específicas, direcionadas para cada rede social!

LinkedIn

Mantenha seu perfil ativo na rede e tente preencher todas as etapas do perfil — em especial as recomendações. O preenchimento desse tópico mostra ao mercado de trabalho que você é capaz de firmar uma boa relação com os empregadores, mesmo após a sua saída do negócio.

Além disso, produzir conteúdos relacionados a sua área de atuação aumenta a visibilidade e contribui para transformar o seu nome em uma referência no mercado.

Facebook

Indique no seu perfil qual a faculdade e o curso de formação. Procure por grupos da área de atuação e páginas de divulgação de vagas de emprego. Busque sempre interagir com outros usuários, por meio de postagens que demonstrem conhecimento e interesse pela profissão.

Também é importante seguir as páginas das empresas com as quais você se identifica e ficar de olho nas vagas ofertadas.

Instagram e Twitter

Seguindo os mesmos princípios do Facebook, é importante investir em postagens que demonstrem suas habilidades profissionais e seguir o perfil das empresas e seus gestores. 

Apesar de serem redes sociais mais informais, elas podem ser uma boa ferramenta para que os recrutadores avaliem sua postura nas redes e conheçam melhor sobre seus hobbies e interesses.

A importância de considerar outras alternativas

Se você está em busca de uma oportunidade de trabalho, é importante não restringir essa procura a somente um canal. Portanto, além de ficar ligado nas redes sociais, não deixe de verificar os sites das empresas em que deseja trabalhar e também os portais destinados a publicação de vagas.

A web é um espaço amplo para a divulgação de vagas de emprego. Sabendo onde procurar, você pode mudar o seu futuro. Só não esqueça que as redes sociais podem ser o espelho das suas competências pessoais e da sua personalidade, portanto, aja com cautela!

No artigo de hoje, mostramos a importância da utilização das redes sociais para conseguir emprego. Embora o seu perfil seja de uso pessoal, ele pode ser visitado pelas principais empresas. Não custa nada ter um pouco de cautela no uso dessas plataformas, ainda mais se a sua intenção é buscar por uma oportunidade para a sua carreira.

Já que o assunto são as redes sociais, que tal seguir nossos perfis e ficar por dentro das nossas dicas? Estamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn. Até breve!

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário