O RH passa por um período de transformação digital, reflexo da emersão da indústria 4.0. Hoje, a automação de processos já pode ser vista com frequência, o que resulta em maior acerto e agilidade no recrutamento.

Não por acaso, muitos líderes de RH já apostam em tecnologia de ponta. Ao entrevistar 10 mil empregadores, a Deloitte descobriu que 33% deles investem em algum tipo de inteligência artificial (IA), por exemplo.

Esse avanço resulta em um RH menos operacional e burocrático, capaz de fazer uma ótima gestão de pessoas. Nos próximos tópicos, explicamos os benefícios da automação de processos no recrutamento e seleção. Veja!

1. Maior acerto na contratação de talentos

Contratar a pessoa certa é um grande desafio. Primeiro, porque não é fácil encontrar mão de obra qualificada — o Brasil figura entre os 5 piores colocados no ranking de escassez de mão de obra, do ManpowerGroup.

A tecnologia de automação, entretanto, pode facilitar a aquisição de talentos. Muitas tarefas repetitivas, como a triagem de currículos, podem ser feitas sem qualquer esforço do especialista em gestão de pessoas.

Os sistemas dedicados à seleção têm uma vantagem: não se cansam. Podem analisar centenas ou milhares de currículos todos os dias, avaliar o alinhamento entre candidato e vaga e selecionar os mais promissores.

Sendo assim, desde as primeiras etapas do processo de contratação, o selecionador terá mais acerto. O próprio sistema informa quem pode se dar bem no cargo e quem não conta com as competências mais adequadas.

2. Deixa o gestor de pessoas focado no estratégico

Outra vantagem está no foco do gestor de RH. Muitas vezes, ele se ocupa demais com tarefas burocráticas e repetitivas e deixa de focar o que mais importa: a gestão estratégica de pessoas.

Com sistemas de automação, o papel se inverte. Boa parte das tarefas operacionais, repetitivas, são assumidas pela própria máquina. Há algoritmos que dizem exatamente o que deve ser feito, quando e como.

Logo, o gestor tem tempo para criar estratégias de seleção ou mesmo construir uma forte marca empregadora. Ele pode focar pontos prioritários, enquanto o sistema autônomo cuida de outras tarefas.

Isso não traz benefícios apenas ao RH, mas a todo o negócio. Empresas com boas práticas de gestão de pessoas têm desempenho 51% superior, em média, se comparado aos padrões do mercado.

3. Moderniza o departamento de RH

Antes, o setor de recursos humanos cuidava das rotinas de departamento pessoal, o que é chamado de RH 1.0. Em uma evolução natural, passou a cuidar de questões estratégicas — e foi batizado de RH 2.0.

Ao olhar para o mesmo setor, nas empresas modernas, é possível ver que muitas das suas tarefas são feitas por meios digitais. Há sistemas para quase tudo, incluindo a distribuição de holerites de maneira online.

Essa nova versão do RH é chamada de 3.0, essencial à eficiência diária. Ao fechar os olhos e se manter restrito ao modelo 1.0 ou 2.0, o gestor está apostando nas práticas mais obsoletas e inadequadas ao êxito.

Para entender a importância da modernização, hoje, cerca de 56% das organizações estão remodelando suas atividades de RH para aproveitar ferramentas digitais, o que inclui tecnologias de IA e automação.

4. Alcança um maior número de candidatos

Como dito, encontrar bons candidatos não é tarefa fácil. Geralmente, é preciso receber centenas de currículos para selecionar algumas dezenas, depois entrevistar alguns candidatos e contratar apenas um.

Nesse sentido, o processo de recrutamento e seleção se parece com um funil. Muitos candidatos entram pela ponta superior do funil e poucos — talvez só um — saem na parte inferior. É um processo obstativo, com etapas.

Como toda triagem, o volume faz diferença e pode assegurar o sucesso na aquisição. Nesse caso, os modernos sistemas de automação ajudam, pois fazem a análise com base em um grande banco de currículos.

O sistema de automação permite que o gestor chegue a um maior número de talentos, pois tudo é feito pelos meios digitais e com tecnologia de ponta. Logo, será possível fomentar um processo de seleção bem-sucedido.

5. Gera mais indicadores-chave de desempenho

Os indicadores funcionam como um termômetro e apontam o que vai bem no decorrer da contratação. Levantá-los, porém, nem sempre é fácil. É preciso “minerar” os dados do recrutamento e seleção.

Bons softwares levantam de maneira autônoma as principais métricas e indicadores. Eles usam os dados do processo seletivo, como tempo médio e número de candidatos, para gerar indicadores acertados e funcionais.

Nesse sentido, a automação permite o diagnóstico e análise dos maiores erros e acertos ao longo da aquisição, visando a melhoria contínua. O gestor de RH pode contar com dados estratégicos e pertinentes ao trabalho.

Em posse dos indicadores, também é possível transformá-los em objetivos e metas — por exemplo, de redução do turnover de recém-contratados ou aumento da proporção candidatos—vaga. Logo, todo o RH é beneficiado.

6. Maior rapidez no feedback ao candidato

Ao longo da seleção, também é preciso pensar na experiência dos candidatos. Da descoberta da vaga até a seleção final, a jornada é longa e pode legitimar (ou destruir) a marca empregadora do empreendimento.

Um fator importante é a rapidez no feedback aos candidatos. Algumas equipes, sobrecarregadas com processos manuais, demoram dias ou semanas para dar um simples feedback (esse é um grande problema).

Com a automação, cada etapa pode ser mais rápida, e os profissionais não precisam esperar muito tempo para saber se foram aprovados ou eliminados. Em poucos dias, é possível enviar um retorno claro e justo.

Além disso, o próprio feedback pode ser automatizado. Para os candidatos eliminados nas primeiras etapas, é possível enviar uma mensagem padrão, o que mitiga a preocupação e deixa o selecionador mais livre.

Como você pôde observar, são muitas as vantagens da automação de processos no recrutamento e seleção, e toda empresa pode aproveitá-las. Isso depende da integração de boas tecnologias, em especial softwares de recrutamento e seleção de ponta.

Agora que está por dentro da automação de processos de RH, aproveite para assinar nossa newsletter e receber novidades sobre tecnologia e gestão de pessoas diretamente em seu e-mail. Até lá!

Escreva um comentário