Powered by Rock Convert

Ter um bom currículo é essencial para conquistar uma vaga no mercado de trabalho. No entanto, para ir além, recomenda-se que os profissionais tenham um portfólio digital, que demonstre as suas competências e habilidades em atividades que foram desenvolvidas anteriormente.

O portfólio digital nada mais é do que uma lista dos melhores trabalhos desenvolvidos por um profissional. Um designer, por exemplo, pode mostrar suas melhores criações visuais. Um jornalista pode trazer as melhores reportagens que produziu. Um fotógrafo deve apresentar as suas melhores fotos. Já um engenheiro pode apresentar os melhores projetos prediais que desenvolveu. O mesmo ocorre com todas as profissões e suas devidas atividades.

Mas afinal, como montar um portfólio digital impecável? Nos tópicos a seguir, mostraremos um passo a passo com dicas que devem ser seguidas. Veja!

Escolha os seus trabalhos mais relevantes

A montagem do portfólio digital tem início na escolha dos trabalhos que farão parte da seleção. Para isso, liste todos os projetos que você julga relevantes e que tiveram destaque no decorrer da sua carreira.

Você pode escolher os projetos que foram mais elogiados pelos clientes, que receberam prêmios ou que acredita que tenham sido inovadores em algum sentido. A ideia é surpreender os recrutadores das empresas, que verão trabalhos muito bem desenvolvidos em seu portfólio.

Organize os trabalhos em ordem de importância

Depois de ter escolhido os trabalhos mais relevantes, é importante que você os organize em ordem de importância. Sabe aquele ditado que diz que “a primeira impressão é a que fica”? Ele é muito válido aqui! É por isso que você precisa surpreender as pessoas que visualizarem o seu portfólio com o melhor trabalho sendo apresentado logo de cara.

Se você é um arquiteto, por exemplo, inicie o seu portfólio com o projeto que você acha que teve mais êxito e que é mais bonito. Assim, você causará um grande impacto e deixará o cliente ou recrutador curioso para ver os seus outros trabalhos.

Disponibilize documentos em alta resolução

De nada adianta você ter bons trabalhos e eles não serem bem visualizados pelos recrutadores nas empresas. Por isso, é preciso ter o cuidado de sempre disponibilizar documentos em alta resolução e que causem uma impressão positiva em quem as visualiza.

No caso de fotografias, escolha aquelas que têm um melhor ângulo ou iluminação, para que os seus projetos sejam mais apreciados. Já para projetos publicados na internet, além da captura de tela, convém colocar o link em que o trabalho pode ser acessado.

Se um redator quiser mostrar um texto que fez para um blog, por exemplo, pode colocar um Print Screen da página em que o material está publicado, acompanhado do link, para o caso de o leitor querer verificar a obra em sua totalidade.

Explique a ocasião e o motivo pelo qual o trabalho foi desenvolvido

Os projetos disponibilizados no portfólio digital devem conter uma breve explicação que contextualize cada um deles. Explique quando o projeto foi realizado, quem foi o cliente, qual era o seu objetivo, quais foram as técnicas aplicadas, quais foram os resultados alcançados etc.

Essas informações servem para que as pessoas que visualizam o portfólio digital saibam do que cada trabalho representa em um todo. Uma peça sozinha pode não ter, para quem o visualiza, o mesmo impacto e a mesma relevância que tem para você.

Conheça os principais sites e aplicativos para fazer um portfólio digital

Agora que você já sabe os principais pontos que deve considerar para criar um portfólio digital, pode estar se perguntando sobre como colocar isso em prática, não é mesmo? Para isso, existe uma série de sites e aplicativos que podem ajudar.

Observe, na sequência, algumas ferramentas que podem ajudar!

Behance

O Behance é uma das plataformas mais utilizadas por profissionais que trabalham com produtos criativos, como designers, fotógrafo e, arquitetos. Ele tem uma interface bastante interativa e é fácil de ser utilizado.

Outra vantagem do Behance é que ele também é utilizado para pesquisas de referência e inspirações. De tal modo, o seu trabalho poderá ser visualizado por outros profissionais e parcerias interessantes podem surgir.

Wix

O Wix é uma plataforma gratuita para a criação de sites. Com ele, é possível que qualquer pessoa com conhecimentos básicos em informática consiga criar uma página simples, sem que seja necessário conhecimento em linguagem de programação.

A ideia é que você crie um site no Wix e o utilize para publicar os seus trabalhos. Existem templates que ficam muito bons para um portfólio digital. Se bem utilizada, essa ferramenta pode ser a ideal para o que você procura.

WordPress

Assim como o Wix, o WordPress possibilita a criação de sites e blogs. No entanto, é bem mais completo e tem recursos mais avançados que a ferramenta anterior.

O WordPress pode ser uma excelente alternativa para aqueles que trabalham com textos, como escritores profissionais, jornalistas, redatores publicitários etc. Assim sendo, o blog serve como um portfólio digital.

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social voltada para as atividades profissionais. Nele, você poderá cadastrar informações sobre o seu currículo, formação e competências. Além disso, pode publicar textos. É justamente nesse espaço das publicações que você pode divulgar os seus trabalhos. Assim, o LinkedIn pode ser utilizado como portfólio digital e divulgado para os recrutadores em processos seletivos.

Dribbble

O Dribbble é uma ferramenta paga e funciona como uma espécie de rede social exclusiva para o desenvolvimento de portfólios e trocas profissionais. No entanto, para fazer parte da plataforma, deve-se pagar uma mensalidade.

Apesar disso, para apenas visualizar os portfólios não é necessário ter um plano pago. Assim sendo, depois de hospedar os seus trabalhos, poderá divulgá-los sem nenhum problema ao enviar currículos ou prospectar clientes.

Tudo pronto para começar a montar o seu portfólio digital agora mesmo? Lembre-se que esse conjunto de projetos pode abrir portas e fazer a diferença para conseguir um novo emprego ou a recolocação no mercado de trabalho.

Saiba mais e continue se preparando com a leitura do nosso artigo que fala sobre a busca de vagas de emprego na internet.

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário